• Um dos Guardiões NatZen

Estar e Não-Estar

Estar no mundo, mas não pertencer a ele. O ápice da vida e o que ela apresenta de mais intenso se encontra numa pequena brecha do tempo que chamamos de presente, e é o único lugar real em que podemos estar.



Passo aqui para agradecer todos os meditadores que participaram da Meditações Nativas do dia 09 de maio de 2019 na Casa da Luz. A meditação que fizemos é uma das mais sutís e não tão "ativa" como as anteriores, mas de uma profundeza poderosa...


Alguns relatos de vocês, foram que sentiram a sensação de se estar e não estar, ao mesmo tempo. Isso é muito importante na meditação: quando a sensação de estar é só um casaco sobre os ombros... Estar no mundo, mas não pertencer a ele.

O ápice da vida e o que ela apresenta de mais intenso, se encontra numa pequena brecha do tempo, que chamamos de presente, e é o único lugar real em que podemos estar. Este micro segundo que te abre os olhos e te joga face a face com o infinito do agora. Viver a vida na vida é viver o presente do agora, com tudo e nada que ele te revela (e isso não tem nada a ver com carpie diem). O agora não é um instante, nem um momento, mas os instantes e os momentos acontecem e desacontecem no Agora. Você acontece e desacontece no agora. Não seja um mero "naturista", mas sim um vitalista! E não há como ser mais vitalista do que isso, do que viver a vida onde acontece a vida.


Tome o agora como sua real identidade. E crie vida a partir disso, desta presença que se expande em expressão, mas que nasce silenciosa e me presença silenciosa. Senão só será mais ruído.

Conta um conto Zen, que mestre e discípulo estavam diante de um lago abaixo do Monte Fuji, e o discípulo perguntou:

Mestre, o que é meditação!?

O mestre respondeu: meditação é igual a este lago!

Qual a profundidade? - perguntou ou discípulo.

Três dedinhos - disse o mestre.

Ora, e o que cabe nisso? retrucou o discípulo.

E o mestre olhando em seus olhos apontou para o monte e respondeu:

Aquela montanha!


PS; Foi bom ver ao final da vivência de ontem que alguns de vocês já foram tocados por isso e inclusive estão indo atrás de leituras sobre. Isso é muito rico! Gracias Manos e manas pelo compartilhar da caminhada!


Namastê


Juliano Caravela

Poeta e Meditante.

Mestre em Semiótica pela PUCSP.

Com variadas formações, ensina, pratica e estuda o Yoga há mais de 17 anos.

Especializou-se em terapia corporal fazendo convergências naturais entre o Yoga, o Ayurveda e a bioenergética.

Autodidata em inúmeras ferramentas meditativas de autoconhecimento ( tradicionais e contemporâneas), nos últimos 7 anos tem trabalhado e pesquisado a fundo os efeitos e resultados das meditações ativas do Osho no "bicho humano".

Em suas aulas, práticas e encontros, atua no que chama de “experiência essencial”, “desencobrimento do olhar” e “autocriar-se”.

NATZEN

Coletivo Social Naturista - São Paulo - SP. BRASIL

© 2018-19 por NatZen. naturismoevida@gmail.com || Maravilhosamente criado com Wix.com